Maria Lopes

Maria Lopes

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Lançamento do livro "O Silencioso Poema Cego” na Sala Leila Diniz


Maria Lopes e Artes 

Lançamento do livro "O Silencioso Poema Cego na Sala Leila Diniz


                                                       



Lançamento do livro "O Silencioso Poema Cego na Sala Leila Diniz
Escritores fazem teatro no devaneio do tempo"  uma performance baseada no texto O SILENCIOSO POEMA CEGO

            Para aproveitar e enriquecer ainda mais o lançamento de seu mais novo livro O SILENCIOSO POEMA CEGO, Angela Gemesio convida e reúne um grupo de amigos escritores e artistas da cidade para vivenciarem em devaneios cênicos a delicada trama que perpassa cada um dos seus personagens.
            Pintora, atriz que metamorfoseia escritores em personagens da trama, vivenciando momentos de agonia e de êxtase, confinados em pleno inverno em um ateliê, de uma pequena cidade. O evento acontece no dia 27/11, terça feira,às 18 horas na Sala de Cultura Leila Diniz. A entrada é gratuita.

Ficha Técnica:
Autora \ Concepção - Direção de Arte e Geral: Angela Gemesio
Assistente de Direção: Márcia Pessanha
Cenário - Adereço: Angela Gemesio - Manoel Augusto Azevedo  Marco Polo
Figurino: Angela Gemesio

Escritores  Performers:
Ana Regina Seixas - Angela Gemesio - Lêda Mendes Jorge - Leonila Murinelly, - Liane Arêas, - Magda Belloti (cantora\soprano), - Márcia Pessanha, - Matilde Slab Conti; Hilário Franciscone - Juber Baesso - Manoel Augusto Azevedo - Marcelo Vacite (músico).

Quadro das personagens e seus leitores/intérpretes:
Sthephane-  Ângela Gemésio, pintora e dona do ateliê
Max-  Hilário Franciscone, músico que tenta explicar a razão da nota musical do tempo das ilusões
Luciana -  Magda Belloti, bailarina que dança as ilusões do pequeno refúgio
Gabriel-  Juber Baesso, escritor inspirado
Nina - Lêda Mendes Jorge,  jovem ingênua, cantora
Pablo - Manoel Augusto Azevedo, escritor sentimental
Lara- Ana Regina Seixas, escritora - criadora de personagens
Speaker- Márcia Pessanha, a narradora da trama
As três Moiras ou Parcas, figuras mitológicas que tecem o destino dos homens.
Cloto- Liane Arêas
Láquesis- Leonila Murinelly
Átropos - Matilde Carone Slaibi Conti
Músico- Marcelo Vacite

Serviço
Lançamento do livro O Silencioso Poema Cego e Performance
Local: Sala de Cultura Leila Diniz
Dia: 27 de novembro de 2018.
Horário: 18h
Contato/produção: 21-98882 6909
ENTRADA FRANCA

domingo, 18 de novembro de 2018

M. Meu Lugar na Sociedade, Espaço Cultural Correios de Niterói. Rio de Janeiro

                                  Maria Lopes e Artes

                                            M. Meu Lugar na Sociedade
          Espaço Cultural Correios de Niterói. Rio de Janeiro 




                             












M. Projeto
Andreza Aguida, 3 anos, engenheira, modelo e artista na infância foi marcada por comentários maldosos por ser albina.

Andreza aprendeu a lidar com o olhar "Curioso"  das pessoas. 







Violência contra a mulher é combatida com Disque-Denúncia

                                                                  180



Lei Maria da Penha, sancionada em 7 de agosto de 2006, como 
Lei n.º 11.340 visa proteger a mulher da violência doméstica e familiar.
A lei ganhou este nome devido à luta da farmacêutica Maria da Penha para ver seu agressor condenado.

Características

A lei serve para todas as pessoas que se identificam com o sexo feminino, heterossexuais e homossexuais. Isto quer dizer que as mulheres transexuais também estão incluídas.
Igualmente, a vítima precisa estar em situação de vulnerabilidade em relação ao agressor. Este não precisa ser necessariamente o marido ou companheiro: pode ser um parente ou uma pessoa do seu convívio.
A lei Maria da Penha não contempla apenas os casos de agressão física. Também estão previstas as situações de violência psicológica como afastamento dos amigos e familiares, ofensas, destruição de objetos e documentos, difamação e calúnia.

Novidades Trazidas com a Lei Maria da Penha:

  • Prisão do suspeito de agressão;
  • a violência doméstica passar a ser um agravante para aumentar a pena;
  • não é possível mais substituir a pena por doação de cesta básica ou multas;
  • ordem de afastamento do agressor à vítima e seus parentes;
  • assistência econômica no caso da vítima ser dependente do agressor.

História

Maria da Penha é uma farmacêutica brasileira, natural do Ceará, que sofreu constantes agressões por parte do marido.
Em 1983, seu esposo tentou matá-la com um tiro de espingarda. Apesar de ter escapado da morte, ele a deixou paraplégica. Quando, finalmente, voltou à casa, sofreu nova tentativa de assassinato, pois o marido tentou eletrocutá-la.
Quando criou coragem para denunciar seu agressor, Maria da Penha se deparou com uma situação que muitas mulheres enfrentavam neste caso: incredulidade por parte da Justiça brasileira.
Por sua parte, a defesa do agressor sempre alegava irregularidades no processo e o suspeito aguardava o julgamento em liberdade.
Em 1994, Maria da Penha lança o livro “Sobrevivi...posso contar” onde narra as violências sofridas por ela e pelas três filhas.
Da mesma forma, resolve acionar o Centro pela Justiça e o Direito Internacional (CEJIL) e o Comitê Latino Americano e do Caribe para a Defesa dos Direitos da Mulher (CLADEM).

http://www.brasil.gov.br/cidadania-e-justica/2014/06/violencia-contra-a-mulher-e-combatida-com-disque-denuncia-e-campanhas/10390147_681343348568615_1926963415139090847_n.png/view

 Maria Lopes de Andrade

                                   Instituto de Terapias  Maria Lopes
             Registro no Cartório do Primeiro Ofício de Maricá, Est RJ.
                                             Maricá, 27/07/1995


Jornalista Reg. CPJ. 24.825 - 76 - RJ,Radialista.

Eletrotécnica CEFET / RJ, Unidade Maracanã (Escola Técnica Federal 

"Celso Suckow da Fonseca).

  Parapsicóloga Clínica,

 Acupunturista,

Reikiana Master,

                                          Terapeuta Quântica de Barras de Acess.

 Homeopata Metafísica ( Coordenadora de Estagio do Curso de Extensão em Homeopatia da Faculdade Federal de Viçosa- MG/ Reg: Livro 10, Nº 21615,Folha 193 v).

Participei do CBO 2000 a convite do MTE,, Ministério do Trabalho e Emprego, representei os Terapeutas do Brasil, na elaboração das Normas do Trabalho dos Terapeutas.

Participei como convidada por
Qualidade de Trabalho CBO 2000 MTE
(Classificação Brasileira de Ocupações do Ministério do Trabalho e Emprego).
Ofício nº194/SE-MTE "Secretaria Executiva do Ministério do Trabalho e Emprego".

Brasília,17 de maio de 2000.



Exposição em Tactograpy TM para cegos ou deficientes visuais.

              Maria Lopes e a Arte do Espetáculo

      Exposição em Tactograpy TM para cegos, 
                 não cegos e deficientes visuais. 


                              










Tactography

Exposição fotográfica apresenta obras em alto relevo para pessoas com        deficiência visual


   Centro Cultural Correios de        Niterói Rio de Janeiro.                    




Exposição fotográfica com obras em alto relevo, para pessoas

                                    com deficiência visual.
A exposição "De Fotografia à Tactography", do artista brasileiro 

                    Gabriel Bonfim, tem entrada gratuita no 

          Centro Cultural da Agencia dos Correios em NIteroi.

 As obras que  utilizam a tecnologia suíça de Tactography são 

                  escaneadas  e recriadas em aluto relevo 
As pessoas com deficiência visual se orientam por guias 

instaladas no chão, para que possam tatear as obras da melhor

             forma e as peças são brancas e em relevo. 

As observações em referências as peças os textos 

                   encontram-se em Braille,

(a escrita para as pessoas cegas ou portadores de 

                    deficiência visual).

      O artista visual Gabriel Bonfim executou as peças em 

           Homenagem ao grande cantor Andrea Bocheilli. 














         

                     
                                                  https://youtu.be/4L_yCwFD6Jo

                        
                                   https://youtu.be/pwp1CH5R-w4

O Centro Cultural Correios, Avenida Visconde do Rio Branco, 481, Centro de Niterói

 De 30 de outubro a 5 de janeiro. 

De segunda a sábado, das 11h às 18h.. 

Telefone: 2622-3200.

 Maria Lopes de Andrade
                                   Instituto de Terapias  Maria Lopes
             Registro no Cartório do Primeiro Ofício de Maricá, Est RJ.
                                             Maricá, 27/07/1995


Jornalista Reg. CPJ. 24.825 - 76 - RJ,Radialista.

Eletrotécnica CEFET / RJ, Unidade Maracanã (Escola Técnica Federal 

"Celso Suckow da Fonseca).

  Parapsicóloga Clínica,

 Acupunturista,

Reikiana Master,

                                          Terapeuta Quântica de Barras de Acess.

 Homeopata Metafísica ( Coordenadora de Estagio do Curso de Extensão em Homeopatia da Faculdade Federal de Viçosa- MG/ Reg: Livro 10, Nº 21615,Folha 193 v).

Participei do CBO 2000 a convite do MTE,, Ministério do Trabalho e Emprego, representei os Terapeutas do Brasil, na elaboração das Normas do Trabalho dos Terapeutas.

Participei como convidada por
Qualidade de Trabalho CBO 2000 MTE
(Classificação Brasileira de Ocupações do Ministério do Trabalho e Emprego).
Ofício nº194/SE-MTE "Secretaria Executiva do Ministério do Trabalho e Emprego".

Brasília,17 de maio de 2000.



Maria Lopes e Artes e a História do Paço Imperial

Maria Lopes e a Arte do Espetáculo 

Maria Lopes e Artes e a História do Paço Imperial 



 A nova Casa dos Governadores foi inaugurada em 1743. Aproximadamente na mesma época o Largo sofreu outras intervenções urbanísticas importantes, com a construção das casas de Telles de Menezes do lado oposto ao do Paço (também projetadas por Alpoim) e a inauguração de um chafariz, trazido de Lisboa, no centro do largo [1].
Alpoim aproveitou os edifícios pré-existentes no local, o Armazém Real e a Casa da Moeda, na nova edificação, acrescentando dois pisos novos com janelas com pequenas sacadas e molduras de vergas curvas, na época uma novidade no Brasil. No interior há uma bela portada em pedra de lioz e vários pátios para a circulação, e o acesso aos pisos superiores se dá por uma bela escadaria. Até 1808 a Casa da Moeda e o Real Armazém continuaram a funcionar no térreo.





omes anterioresArmazém d'El Rey
Casa dos Governadores
Paço dos Vice-Reis
Nomes alternativosPalácio do Rio de Janeiro
Paço do Rio de Janeiro
Estilo dominanteColonial
ArquitetoJosé Fernandes Pinto Alpoim
Início da construção1738 (280 anos) [1]
Fim da construção1743 [1]
LocalRio de JaneiroRJ Brasil
EndereçoPraça XV de Novembro, 48 - Centro





















Maria Lopes de Andrade

                                   Instituto de Terapias  Maria Lopes
             Registro no Cartório do Primeiro Ofício de Maricá, Est RJ.
                                             Maricá, 27/07/1995


Jornalista Reg. CPJ. 24.825 - 76 - RJ,Radialista.

Eletrotécnica CEFET / RJ, Unidade Maracanã (Escola Técnica Federal 

"Celso Suckow da Fonseca).

  Parapsicóloga Clínica,

 Acupunturista,

Reikiana Master,

                                          Terapeuta Quântica de Barras de Acess.

 Homeopata Metafísica ( Coordenadora de Estagio do Curso de Extensão em Homeopatia da Faculdade Federal de Viçosa- MG/ Reg: Livro 10, Nº 21615,Folha 193 v).

Participei do CBO 2000 a convite do MTE,, Ministério do Trabalho e Emprego, representei os Terapeutas do Brasil, na elaboração das Normas do Trabalho dos Terapeutas.

Participei como convidada por
Qualidade de Trabalho CBO 2000 MTE
(Classificação Brasileira de Ocupações do Ministério do Trabalho e Emprego).
Ofício nº194/SE-MTE "Secretaria Executiva do Ministério do Trabalho e Emprego".

Brasília,17 de maio de 2000.