Maria Lopes

Maria Lopes

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Felicidade real


Felicidade real


Não estaciones na estrada.
O trabalho te espera.

Deus precisa de ti
Na construção do agora.

Esquece-te e serve,
Doando o melhor ao teu alcance.

Alia-te ao bem
E o bem te defenderá.

Felicidade real
É tornar os outros felizes.

Se te entregas a Deus,
Deus te resguardará.

Francisco Cândido Xavier

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Este é o teu momento de viver intensamente




Este é o teu momento de viver intensamente a realidade da vida.

Desnecessário recordar que, agora, o teu momento presente é relevante para a aquisição dos bens inestimáveis para o Espírito eterno.

Há muito desperdício de tempo, que se aplica nas considerações do passado como em torno das ansiedades do futuro.

A tomada de consciência é um trabalho de atualidade, de valorização das horas, de realização constante.

A vida é para ser vivida agora.

Postergar experiências, significa prejuízo em crescimento na economia da vida.

Antecipar ocorrências, representa precipitação de fatos que, talvez, não sucederão, conforme agora, tomam curso.

As emoções canalizadas em relação ao passado ou ao futuro dissipam ou gastam a energia vital, que deve ser utilizada na ação do momento.

Se vives recordando o passado ou ansiando pelo futuro, perdes a contribuição do presente, praticamente nada reservando para hoje.

O momento atual é a vida, que resulta das atividades pretéritas e elabora o programa do porvir.

Encoraja-te a viver hoje, sentindo cada instante e valorizando-o mediante a consciência das bênçãos que se encontram à tua disposição.

A vida é um sublime dom de Deus.

Naturalmente, quando recebes um presente de alguém, sentes o desejo irrefreável de agradecer, de louvar, de bendizer.

Desse modo, agradece a Deus, o sublime legado, que é a tua vida, por Ele concedido.

Vive, jubilosamente, hoje, sejam quais forem as circunstâncias em que se te apresente a existência.

Se o instante é de aflição, resigna-te, agindo corretamente, e estarás produzindo para o futuro que te chegará com paz.

Se o momento é de gozo, recorda-te dos padecentes à tua volta e reparte alegria, ampliando o círculo de ventura.

Quem despertou para a superior finalidade da vida, vive-a, a cada momento, vivendo-a principalmente agora.
pelo Espírito Joanna de Ângelis

domingo, 15 de novembro de 2009

rosa aberta Amei-te por te amar





rosa aberta
Amei-te por te amar



Amei-te e por te amar
Só a ti eu não via...
Eras o céu e o mar,
Eras a noite e o dia...
Só quando te perdi
É que eu te conheci...

Quando te tinha diante
Do meu olhar submerso
Não eras minha amante...
Eras o Universo...
Agora que te não tenho,
És só do teu tamanho.

Estavas-me longe na alma,
Por isso eu não te via...
Presença em mim tão calma,
Que eu a não sentia.
Só quando meu ser te perdeu
Vi que não eras eu.

Não sei o que eras. Creio
Que o meu modo de olhar,
Meu sentir meu anseio
Meu jeito de pensar...
Eras minha alma, fora
Do Lugar e da Hora...

Hoje eu busco-te e choro
Por te poder achar
Não sequer te memoro
Como te tive a amar...
Nem foste um sonho meu...
Porque te choro eu?

Não sei... Perdi-te, e és hoje
Real no [...] real...
Como a hora que foge,
Foges e tudo é igual
A si-próprio e é tão triste
O que vejo que existe.

Em que és [...] fictício,
Em que tempo parado
Foste o (...) cilício
Que quando em fé fechado
Não sentia e hoje sinto
Que acordo e não me minto...

[...] tuas mãos, contudo,
Sinto nas minhas mãos,
Nosso olhar fixo e mudo
Quantos momentos vãos
Pra além de nós viveu
Nem nosso, teu ou meu...

Quantas vezes sentimos
Alma nosso contacto
Quantas vezes seguimos
Pelo caminho abstrato
Que vai entre alma e alma...
Horas de inquieta calma!

E hoje pergunto em mim
Quem foi que amei, beijei
Com quem perdi o fim
Aos sonhos que sonhei...
Procuro-te e nem vejo
O meu próprio desejo...

Que foi real em nós?
Que houve em nós de sonho?
De que Nós fomos de que voz
O duplo eco risonho
Que unidade tivemos?
O que foi que perdemos?

Nós não sonhamos. Eras
Real e eu era real.
Tuas mãos - tão sinceras...
Meu gesto - tão leal...
Tu e eu lado a lado...
Isto... e isto acabado...

Como houve em nós amor
E deixou de o haver?
Sei que hoje é vaga dor
O que era então prazer...
Mas não sei que passou
Por nós e acordou...

Amamo-nos deveras?
Amamo-nos ainda?
Se penso vejo que eras
A mesma que és... E finda
Tudo o que foi o amor;
Assim quase sem dor.

Sem dor... Um pasmo vago
De ter havido amar...
Quase que me embriago
De mal poder pensar...
O que mudou e onde?
O que é que em nós se esconde?

Talvez sintas como eu
E não saibas senti-o...
Ser é ser nosso véu
Amar é encobri-o,
Hoje que te deixei
É que sei que te amei...

Somos a nossa bruma...
É pra dentro que vemos...
Caem-nos uma a uma
As compreensões que temos
E ficamos no frio
Do Universo vazio...

Que importa? Se o que foi
Entre nós foi amor,
Se por te amar me dói
Já não te amar, e a dor
Tem um íntimo sentido,
Nada será perdido...

E além de nós, no Agora
Que não nos tem por véus
Viveremos a Hora
Virados para Deus
E n'um (...) mudo
Compreenderemos tudo.

Autoria de Fernando Pessoa

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Onde quer que nossas mãos toquem

Onde quer que nossas mãos toquem.
lá deixamos nossas impressões digitais.
Peço Senhor... Por favor!!!
Onde quer que hoje eu vá,
ajude-me a deixar apenas marcas do coração.
Marcas de compaixão,
compreensão e amor...
Marcas de bondade
e interesse genuínos.
Sairei hoje, para deixar marcas do coração...
E se alguém disser:
"Eu senti seu toque!"
Na verdade terá sentido o Seu toque amável,
Senhor... Através de mim!
Tomara que meu coração deixe marcas em
meu vizinho solitário, com um sorriso...
Uma mãe preocupada, com paz...
Uma criança desamparada, com segurança...
Uma pessoa desabrigada, com calor...
E meus amigos, com amor!!!

Paz e luz na sua vida!!!

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Salve Sua Divindade Namastê


Saludando a la Divinidad que esta en tí"

Con afecto: Mari

angel19-1.gif picture by YolyJuan




Porque es bueno mantener en la conciencia presente que somos algo más que piel!!! Recuerda que eres un ser de luz y existen otros seres que siempre están disponibles en nuestro camino...
Para que te cuiden te ayuden y te protejan!



Dios nunca te mandará más de lo que puedes manejar!!!
Te estoy mandando SIETE ARCÁNGELES. Mándaselo a todas las personas que quieres. En nueve minutos recibirás algo que has esperado durante mucho tiempo.

Una proteína esconde el secreto de la quimioterapia sin efectos adversos

MADRID 19 (EUROPA PRESS)

Un grupo de investigadores de la Universidad de Granada que trabajan desde hace más de un año con la proteína onconasa buscan encontrar la mutación de esta sustancia que logre que desaparezcan los efectos adversos de los tratamientos antitumorales. Se trata de un proyecto de excelencia financiado por la Consejería de Innovación Ciencia y Empresa de la Junta de Andalucía.

La iniciativa dirigida por la investigadora María del Mar García Mira del Departamento de Física Química de la UGR (en la imagen) surge después de conocer un estudio que se estaba llevando a cabo en Estados Unidos aplicando este elemento en ensayos clínicos con pacientes informa Andalucía Innova.


En estas pruebas los científicos comprobaron que se trataba de una proteína con alta efectividad contra determinados tipos de cáncer; sin embargo la dificultad del organismo para eliminarla causaba en los pacientes numerosos efectos adversos y en algunos casos la aparición de otras patologías como la insuficiencia renal. García Mira entró en contacto con este grupo para tratar de estudiar la proteína y encontrar una mutación que manteniendo la efectividad del elemento mejorará su absorción por parte de los enfermos.

Segçun informa la Universidad de Granada para encontrar la mutación los investigadores granadinos trabajan a través de un programa informático pero también en el laboratorio donde aplican la sustancia a una bacteria para después extraerla del microorganismo y purificarla con el objetivo de identificar el grado de estabilidad es decir la facilidad para la eliminación que han logrado.

Para llevar a cabo este proceso tienen en cuenta unas pautas básicas sobre la actuación de esta sustancia. En este sentido García Mira explica que el organismo elimina una proteína cuando ésta se despliega a una temperatura máxima de aproximadamente 37 grados centígrados. En el caso de la onconasa no logra el despliegue hasta llegar a los 95 por lo que es muy complicado para el paciente deshacerse de ella. Desde el laboratorio los científicos tratan de lograr que la temperatura se reduzca pero sin que sea demasiado baja ya que la modificación de estructura de la proteína puede provocar una reducción en los efectos positivos.

En 2008 comenzaron así el trabajo con la onconasa para buscar una mayor efectividad en su aplicación como fármaco anticancerígeno. García Mira se muestra optimista respecto a los avances y espera que en poco más de un año puedan comenzar los ensayos clínicos y en un futuro "no muy lejano" sea un fármaco que se aplique con normalidad.

"Aunque la utilización definitiva de la proteína es aún un proyecto de futuro la reducción de los efectos negativos que provoca la quimioterapia convencional sería un gran avance" apunta la investigadora y añade que la eliminación de estos problemas asociados al tratamiento en pacientes delicados supone al mismo tiempo la eliminación de riesgos derivados de la quimioterapia. Mira recuerda que en el tratamiento de este tipo de dolencias el factor psicológico adquiere una gran relevancia. En este sentido explica que los ensayos clínicos con la onconasa han demostrado que se trata de un fármaco muy eficaz contra determinados tumores como el mesotelioma un cáncer de difícil tratamiento que ataca el mesotelio la capa que cubre la mayoría de los órganos y que se suele dar en personas que han estado en contacto directo y habitual con aislantes térmicos.

La investigadora señala además que es una proteína "relativamente nueva" y que probablemente no sólo sea efectiva contra el cáncer sino también con otro tipo de dolencias. En este sentido apunta que ya se están realizando los primeros estudios sobre la eficacia que podría tener esta sustancia en tratamientos antivirales y más concretamente contra el VIH. [FIN]

carlos y lola

domingo, 18 de outubro de 2009

Querido DIOS






Querido DIOS


la amiga a quien envío este email y se encuentra leyéndolo

es bella, con estilo, prudente, emprendedora, cariñosa

y Fuerte,

es la niña de tus ojos

y la quiero mucho.

Ayúdala a vivir su vida al máximo.

Por favor promuévala

y haz que ella sobresalga

encima de sus expectativas.

Ayúdala para que dé su brillo

en los sitios más obscuros

donde es imposible gustar.

Protéjala en cualquier momento,

levántala encima de todo

cuando ella lo necesite más,

y avísale que cuando ella camina contigo .

Ella siempre será Bendecida,

y estarà salva en tus manos.

Amèn.

Amate amiga!!!!

sábado, 17 de outubro de 2009

PARA UMA LINDA PESSOA




PARA UMA LINDA PESSOA

Olá Linda Pessoa!

Já lhe disseram alguma vez que você é muito especial?

Que a luz que você emite pode até acender uma estrela?

Já lhe disseram que a sua amizade é muito importante?

Há alguém aqui que sente por você um amor tão real!

Já lhe disse alguma vez que quando estou triste, os seus e-mails me fazem sorrir e até me transformam?

Não há palavras para agradecer tantas mensagens lindas que você se preocupa em enviar sempre!

Já lhe disse alguma vez o quanto te aprecio?

Bem, querido amigo (a) online

ESPERO RECEBER ISTO OUTRA VEZ

Acho que sem um amigo, perdemos muito

Não confunda nunca um amigo com um conhecido!

Há uma grande diferença!

Esta é a semana internacional do 'tomar conta'


Envie esta mensagem a todos os seus amigos para lhes dizer o quanto são valiosos!

E que eles lhe fazem tanto bem!!!

Premio que me ha concedido una gran amiga.



Por tu amistad incondicional te concedo con todo mi cariño y respeto este premio que me ha concedido una gran amiga.

Un besito querid@ amig@ y gracias por estar.

"Obrigada amiga Alpha Leninha".
Maria Lopes.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Lei 5296/2004, Pessoa com Deficiência.

O Vice-Presidente da República José Alencar Gomes da Silva, assume publicamente e por escrito a sua condição de Pessoa Ostomizada e, portanto, nos termos da Lei 5296/2004, Pessoa com Deficiência.

Foi assim, para nossa alegria, que se manifestou o Vice-Presidente no Ofício nº 0659/2009/VPR, encaminhado ao Ministro da Saúde José Gomes Temporão, solicitando a assinatura da “POLÍTICA NACIONAL DE ATENDIMENTO A PESSOA OSTOMIZADA” e o reconhecimento da “DECLARAÇÃO INTERNACIONAL DOS DIREITOS DOS OSTOMIZADOS”.

O Vice-Presidente José Alencar escreveu de próprio punho no documento citado:

“ESTIMADO E EMINENTE AMIGO TEMPORÃO, SOU UM DELES”


Atitudes como essa contribuem de forma significativa para a elevação da auto-estima da Pessoa Ostomizada e, portanto, da melhoria de sua qualidade de vida, porque mostra para a Sociedade Brasileira que todos, absolutamente todos, estão sujeitos a viver condição semelhante.

Se não bastasse isso, o ofício citado externa a posição de um dos mais ilustres e estimados brasileiros em favor da causa da Pessoa Ostomizada. Esse documento, depois de atendido pelo Ministro Temporão, garante a Pessoa Ostomizada o seu DIREITO A VIDA, sintetizado na “Política Nacional de Atendimento a Pessoa Ostomizada” e na “Declaração dos Direitos dos Ostomizados”.

Particularmente, bastante emocionado com esse gesto, rogo ao Supremo Criador que encha de graças e de muitas alegrias a vida desse homem. Um brasileiro de nome José Alencar, cujo gesto orgulha os milhares de Ostomizados espalhados pelo Brasil e pelo Mundo.



PARABÉNS COMPANHEIRO JOSÉ ALENCAR!

PARABÉNS CONPANHEIRA CANDIDA CARVALHEIRA!

PARABÉNS AS PESSOAS OSTOMIZADAS!

PARABÉNS AS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA!

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Facebook perde dados de milhares de usuários

Facebook perde dados de milhares de usuários
13/10/2009 09:45

Problemas ocorridos no Facebook na semana passada devem fazer com que cerca de 150 mil usuários percam dados no site, incluindo fotos e outros tipos de conteúdo.

Em um comunicado oficial, o Facebook informou que o problema começou no início de outubro e afetou banco de dados do site. Com isso diversos usuários tiveram dificuldades na hora de fazer o login nos últimos dias.

O Facebook se desculpou pelo problema e informou que está "tomando medidas adicionais para manter a confiabilidade que os usuários esperam".

O site é considerado como uma das redes sociais mais populares do mundo e já conta com mais de 300 milhões de usuários no mundo todo.

domingo, 11 de outubro de 2009

Oração à Nossa Senhora Aparecida



Oração à Nossa Senhora Aparecida


Ó incomparável Senhora da Conceição Aparecida. Mãe de meu Deus, Rainha dos Anjos, Advogada dos pecadores, Refúgio e Consolação dos aflitos e atribulados, ó Virgem Santíssima; cheia de poder e bondade, lançai sobre nós um olhar favorável, para que sejamos socorridos em todas as necessidades.

Lembrai-vos, clementíssima Mãe Aparecida, que não se consta que de todos os que têm a vós recorrido, invocado vosso santíssimo nome e implorado vossa singular proteção, fosse por vós algum abandonado.

Animado com esta confiança a vós recorro: tomo-vos de hoje para sempre por minha mãe, minha protetora, minha consolação e guia, minha esperança e minha luz na hora da morte.

Assim pois, Senhora, livrai-me de tudo o que possa ofender-vos e a vosso Filho meu Redentor e Senhor Jesus Cristo. Virgem bendita, preservai este vosso indigno servo, esta casa e seus habitantes, da peste, fome, guerra, raios, tempestades e outros perigos e males que nos possam flagelar.

Soberana Senhora, dignai-vos dirigir-nos em todos os negócios espirituais e temporais; livrai-nos da tentação do demônio, para que, trilhando o caminho da virtude, pelos merecimentos da vossa puríssima Virgindade e do preciosíssimo Sangue de vosso Filho, vos possamos ver, amar e gozar na eterna glória, por todos os séculos dos séculos.
Amém.

A Criança - Maria Montessori



Maria Montessori
Em
A Criança




“Poder-se-ia dizer que a diferença psíquica entre o animal e o homem é essa: o animal é como o objeto fabricado em série, cada indivíduo reproduzindo de imediato as características uniformes fixadas na raça inteira.
O homem, ao contrário, é como o objeto trabalhado à mão: cada um diferente do outro, cada um possuindo um espírito criador próprio, que a transforma numa obra de arte da natureza.
Mas o trabalho é lento e demorado.
Antes que surjam os efeitos exteriores tem que haver um lavor íntimo que não é a reprodução de um tipo fixo, mas a criação de um tipo novo – e, consequentemente, é um enigma, um resultado de surpresa, que permanece oculta durante longo tempo, exatamente como ocorre com a obra de arte que o autor conserva na intimidade do estúdio, transfundindo-se nela antes de expô-la em público”.


“Se do recém-nascido inerte, mudo, inconsciente e incapaz de movimentar-se se forma um adulto perfeito, com a inteligência enriquecida pelas conquistas da vida psíquica e resplandecente com a luz que lhe é dada pelo espírito, isto se deve à criança”.


“O homem é construído exclusivamente por ela”.


“Diante da simples evidência da realidade, podemos repetir incessantemente: “A criança é a progenitora do homem”.




MONTESSORI, Maria. A Criança. Tradução de Luiz Horácio da Matta. 2ª. Ed. Rio de Janeiro: Editora Nórdica, s/d.

Sobre a autora:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Maria_Montessori

Lei de adoção reduz tempo de crianças em abrigos





Lei de adoção reduz tempo de crianças em abrigos


O presidente Lula sancionou, nesta segunda-feira (3/8), a nova Lei da Adoção, que nasceu do Projeto de Lei do Senado 314/04. Pelas novas regras, as crianças e adolescentes não devem ficar mais do que dois anos nos abrigos de proteção, salvo alguma recomendação expressa da Justiça.

Os abrigos também devem mandar relatórios semestrais para a autoridade judicial informando as condições de adoção ou de retorno à família dos menores sob sua tutela. A lei entra em vigor 90 dias após a publicação no Diário Oficial da União, que deve acontecer na terça-feira (4/8). As informações são da Agência Brasil.

A nova lei também prevê que todas as pessoas maiores de 18 anos, independentemente do estado civil, podem adotar uma criança ou um adolescente. A única restrição para a adoção individual, que sempre será avaliada antes pela Justiça, é que o adotante tenha pelo menos 16 anos a mais que o adotado.

No caso da adoção por casais, eles precisam ser legalmente casados ou manter união civil estável reconhecida pela autoridade judicial. Não será permitida a adoção para casais do mesmo sexo.

De acordo com o texto, também haverá a criação de cadastros nacional e estadual de crianças e adolescentes em condições de serem adotados e de pessoas ou casais habilitados para adoção. A lei também prevê uma preparação prévia dos futuros pais e o acompanhamento familiar pós-acolhimento da criança ou adolescente.

Para adoções internacionais, a lei exige ainda que o estágio de convivência seja cumprido dentro do território nacional por, no mínimo, 30 dias. Contudo, a adoção internacional será possível somente em última hipótese, sendo a preferência dada sempre a adotantes nacionais e, em seguida, a brasileiros residentes no exterior. A medida está de acordo com a Convenção de Haia para a adoção internacional.

A lei também inova ao permitir que o juiz considere o conceito de “família extensa” para dar preferência a adoção dentro da família, mesmo não sendo os parentes diretos da criança ou do adolescente. Nesses casos, tios, primos e parentes próximos, mas não diretos, têm preferência sobre o cadastro nacional e estadual de adoção.

As crianças maiores de 12 anos poderão opinar sobre o processo de adoção e o juiz deve colher seus depoimentos e levá-los em conta na hora de decidir. A lei determina também que os irmãos devem ser adotados por uma única família, exceto em casos especiais que serão analisados pela Justiça.

Ao comentar as novas regras para a adoção no Brasil, a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) elogiou a inclusão de uma atenção específica à gestante que manifestar interesse em entregar o bebê.

Para a entidade, a medida é fundamental para evitar que “mães desesperadas” deixem suas crianças em locais inadequados, colocando em risco a própria vida e a dos recém-nascidos. “É uma decisão difícil de ser tomada e, neste momento, o que a genitora precisa é de acolhimento e orientação”, afirma a AMB.

Outra mudança é a obrigatoriedade de encaminhamento da mãe ao Juizado da Infância e Juventude o que, de acordo com a associação, vai ajudar a evitar “aproximações indevidas” entre pessoas que querem adotar e as crianças. A medida privilegia, ainda, os candidatos a pais que já estão inscritos no Cadastro Nacional de Adoção e que foram previamente habilitados pelo Judiciário para o procedimento.

Caso a orientação de encaminhamento da mãe seja descumprida, médicos, enfermeiros ou dirigentes de estabelecimentos de atenção à saúde da gestante estarão sujeitos à infração administrativa — também novidade do ramo da adoção. Com informações da Agência Brasil.

sábado, 10 de outubro de 2009

Outono




Outono


Outono, cai a folha amarelecida,

E as andorinhas deixam os seus beirais,

Ficando a Natureza adormecida

Para enfrentar os gelos invernais.



Mas há mil cores nas tardes outonais

Nesta folhagem triste, em despedida,

Que despertam nos mais sentimentais

Doces enlevos na alma, enternecida.



Também sentia a vida esvaecer,

Mas ao ver-te surgir, ao entardecer,

Ví as cores se tornarem verde esperança.



E foi assim, que numa tarde mansa,

Quando de um Sol poente eu estava à espera,

Que sendo Outono, eu vi a Primavera!...

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Ser feliz é assim











Tere Penhabe

Ser feliz é assim:
um pedaço da gente
dançando na chuva
ao som do coração
que canta sem saber
de onde veio a letra
se foi sem querer...

E abraçar o mundo
contente da vida
sem muito motivo
razão ou sentido
só por estar viva!
Por ver um sorriso
que não é preciso...

Ser feliz é uma fórmula
o mapa de um tesouro
que nos dá a glória
de ver tudo em ouro
até o que não existe.
Ver a vida brilhando
entre pedras preciosas...

E o meu hoje é assim!
...bem assim...

EL AMOR





EL AMOR


El amor,
es una gota de agua en un cristal,
es un paseo largo sin hablar,
es una fruta para dos.

El amor,
es un espacio donde no hay lugar
para otra cosa que no sea amar,
es algo entre tu y yo.

El amor es llorar
cuando nos dice adios,
el amor es soñar
oyendo una cancion,
el amor es rezar
poniendo el corazon,
es perdonarme tu
y comprenderte yo.

El amor es parar
el tiempo en un reloj,
es buscar un lugar
donde escuchar tu voz,
el amor es crear
un mundo entre los dos,
es perdonarme tu
y comprenderte yo.

El amor,
es una boca con sabor a miel,
es una lluvia en el atardecer,
es un paraguas para dos.

El amor,
es un espacio donde no hay lugar,
para otra cosa que no sea amar,
es algo entre tu y yo.

JOSÉ LUIS PERALES

SEMBLANZA DE UNA MADRE






SEMBLANZA DE UNA MADRE


A tu esencia Madre se anuda
el enigma del origen
el misterio de la vida,
en lo profundo del ser y lo infinito.
Tú eres la raíz de toda historia
el aquí, el ahora,
la eternidad del instante,
el ayer y el mañana
del corazón y la sangre.

Eres la palabra luz hecha carne
en el secreto mismo de lo ínfimo
y lo inconmensurable.
Un camino a través de la noche
fluyendo en amor sin condiciones,
porque eres libertad.

Eres el beso fugaz en la tristeza,
como lágrima que purifica la caída,
en el silencio en que reposa,
lo sublime de una espera.
Estrella que riela en el alma
cual canción del tiempo
que aleja el dolor y la soledad.

Madre, eres para siempre,
el milagro absoluto
del paraíso recobrado,
porque en tu nombre madre
cabe todo, todo en su totalidad

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

”AS SETE LEIS ESPIRITUAIS DO SUCESSO”.






Qualquer coisa que desejamos pode ser criada, pois as mesmas leis que a natureza utiliza para criar uma galáxia, um planeta, um corpo humano, podem realizar nossos desejos mais profundos.

As "Sete Leis Espirituais do Sucesso" sugere que nos concentremos em uma lei a cada dia da semana, conforme apresentamos abaixo:

DOMINGO -Lei da Potencialidade Pura

· Reserve um momento do dia para ficar só e fazer uma
meditação silenciosa.

· Reserve um período do dia para comungar com a natureza.

· Pratique diariamente o preceito: "Hoje não julgarei nada".


SEGUNDA-FEIRA - Lei da Doação

· Ofereça sempre algo às pessoas com quem tiver contato(cumprimento, pensamento positivo, oração, benção).

· Agradeça as dádivas oferecidas pela vida, como a beleza da natureza e tenha abertura para continuar recebendo-as. Deseje em silêncio, toda vez que entrar em contato com alguém, que tenha uma vida próspera e feliz.


TERÇA-FEIRA - Lei do Karma

· Observe sempre as escolhas que vai fazer e se pergunte: Quais serão as conseqüências dela para mim e para os outros?

· Peça orientação ao seu "coração", ele é muito intuitivo.


QUARTA-FEIRA - Lei do Mínimo Esforço

· Aceite pessoas e fatos como se manifestarem.

· Não se volte contra o Universo lutando contra o presente.

· Seja responsável pelas situações e não culpe ninguém.

· Desista de impor sua opinião aos outros.

· Tenha abertura à todos os pontos de vista e não se prenda a nenhum.


QUINTA-FEIRA - Lei da Intenção e do Desejo

· Faça uma lista de todos os seus desejos. Olhe para ela antes de meditar e, também, antes de dormir e ao acordar.

· Libere a lista de seus desejos no plano cósmico, que tem desígnios maiores para você do que possa conceber.

· Confie.

· Esteja consciente do momento presente.


SEXTA-FEIRA - Lei do Desapego

· Comprometa-se com o desapego.

· Dê a si próprio e aos outros a liberdade de ser o que é.

· Participe de tudo, mas com envolvimento distanciado.

· Saiba que, estando disponível para aceitar a incerteza, a solução virá do próprio problema.

· Tenha abertura para uma infinidade de escolhas, experimentando toda a magia, mistério e aventura da vida.


SÁBADO - Lei do Propósito de Vida

· Nutra, com amor, a divindade que habita em você.

· Tenha consciência da atemporalidade, do ser eterno.

· Faça uma lista de seus talentos únicos e do que adora fazer, e saiba que, quando os põe a serviço da humanidade, cria abundância na sua vida e na de outras pessoas.

Pergunte-se diariamente: "Como posso servir?"


Leia todos os dias a Lei correspondente ao dia da semana e comece a pô-la em prática. Assimilando estas leis você se tornará uma pessoa muito mais preparada para lidar com a vida.

Dr Deepak Chopra
TEXTO PESQUISADO NA WEB.

Eu hoje vou ser Feliz!




De hoje em diante todos os dias ao acordar, direi:
Eu hoje vou ser Feliz!
Vou lembrar de agradecer ao sol
Pelo seu calor e luminosidade,
Sentirei que estou vivendo, respirando.
Posso desfrutar de todos os recursos da natureza gratuitamente.
Não preciso comprar o canto dos pássaros,
nem o murmúrio das ondas do mar.
Lembrarei de sentir a beleza das árvores, das flores.
Vou sorrir mais, sempre que puder.
Vou cultivar mais amizades e neutralizar as inimizades.
Não vou julgar os atos dos meus semelhantes ou companheiros
Vou aprimorar os meus.
Lembrarei de ligar para alguém
para dizer que estou com saudades!
Reservarei minutos de silêncio,
para ter a oportunidade de ouvir.
Não vou lamentar nem amargar as injustiças,
Vou pensar no que posso fazer para diminuir seus efeitos.
Terei sempre em mente que um minuto passado, não volta mais,
Vou viver todos os minutos proveitosamente,
Não vou sofrer por antecipação prevendo futuros incertos,
Nem com atraso, lembrando de coisas
sobre as quais não tenho mais ação.
Não vou pensar no que não tenho e que gostaria de ter,
Mas em como posso ser feliz com o que possuo,
E o maior bem que possuo é a própria vida
Vou lembrar de ler uma poesia e de ouvir uma canção,
Vou dedicá-las a alguém.
Vou fazer alguma coisa para alguém, sem esperar nada em troca,
Apenas pelo prazer de ver alguém sorrir.
Vou lembrar que existe alguém que me quer bem,
Vou dedicar uns minutos de pensamento para os que já se foram
Para que saibam que serão sempre uma doce lembrança,
até que venhamos a nos encontrar outra vez.
Vou procurar dar um pouco de alegria para alguém,
Especialmente quando sentir que
a tristeza e o desânimo querem se aproximar.
E quando a noite chegar, vou olhar para o céu,
para as estrelas e para o luar e
Agradecer a Deus, porque hoje eu fui feliz!

DESCONHEÇO O AUTOR.
TEXTO E IMAGEM PESQUISADOS NA WEB.

PELO RESTO DE NOSSAS VIDAS...



PELO RESTO DE NOSSAS VIDAS...

Existem coisas pequenas e grandes,
coisas que levaremos para o resto de nossas vidas.
Talvez sejam poucas, quem sabe sejam muitas,
depende de cada um, depende da vida que cada um de nós levou.

Levaremos lembranças, coisas que sempre serão inesquecíveis para
nós, coisas que nos marcaram, que mexeram com a
nossa existência em algum instante.

Provavelmente iremos pela a vida a fora colecionando essas coisas,
colocando em ordem de grandeza cada detalhe que nos foi importante,
cada momento que interferiu nos nossos dias, que deixou marcas,
cada instante que foi cravado no nosso peito como uma tatuagem.

Marcas, isso... serão marcas, umas mais profundas,
outras superficiais porém com algum significado também.
Serão detalhes que guardaremos dentro de nós e que
se contarmos para terceiros talvez não tenha a menor importância
pois só nós saberemos o quanto foi incrível vivê-los.

Poderá ser uma música, quem sabe um livro, talvez uma poesia,
uma carta, um e-mail, uma viagem, uma frase que alguém tenha
nos dito num momento certo.

Poderá ser um raiar de sol, um buquê de flores que se recebeu,
um cartão de natal,
uma palavra amiga num momento preciso.

Talvez venha a ser um sentimento que foi abandonado,
uma decepção, a perda de alguém querido,
um certo encontro casual, um desencontro proposital.

Quem sabe uma amizade incomparável, um sonho que foi alcançado
após muita luta, um que deixou de existir por puro fracasso.
Pode ser simplesmente um instante, um olhar,
um sorriso, um perfume, um beijo.

Para o resto de nossas vidas levaremos pessoas guardadas dentro de nós.

Umas porque nos dedicaram um carinho enorme,
outras porque foram o objeto do nosso amor,
ainda outras por terem nos magoado profundamente,
quem sabe haverão algumas que deixarão marcas profundas
por terem sido tão rápidas em nossas vidas e terem conseguido
ainda assim plantar dentro de nós tanta coisa boa.

Lá na frente é que poderemos realmente saber a qualidade de vida
que tivemos, a quantidade de marcas que conseguimos carregar
conosco e a riqueza que cada uma delas guardou dentro de si.

Bem, lá na frente é que poderemos avaliar do que exatamente foi feita a
nossa vida, se de amor ou de rancor, se de alegrias ou
tristezas, se de vitórias ou derrotas, se de ilusões ou realidades.

Pensem sempre que hoje é só o começo de tudo, que se houver algo
errado ainda está em tempo de ser mudado e que o resto de
nossas vidas de certa forma ainda está em nossas mãos.

Silvana Duboc
TEXTO PESQUISADO NA WEB.

AMOROSA MANSIDÃO...



AMOROSA MANSIDÃO...



Se alguém me feriu ou me prejudicou conscientemente em pensamentos,
palavras ou atos, eu o perdôo livremente.
E também peço perdão se feri ou prejudiquei alguém,
consciente ou inconscientemente, pensamentos, palavras ou ações.
Que eu possa ser feliz...
Que eu possa estar em paz...
Que eu possa ser livre...
Que os meus amigos possam ser felizes...
Que os meus amigos possam ficar em paz...
Que os meus amigos possam ser livres...
Que os meus inimigos possam ser felizes...
Que os meus inimigos possam ficar em paz...
Que os meus inimigos possam ser livres...
Que todos os seres possam ser felizes...
Que todos os seres possam ficar em paz...
Que todas os seres possam ser livres...

A meditação da Amorosa Mansidão, foi extraída de: Chop Wood,
Carry Water,de Rick Fields.

Emmanuel & Francisco Cândido Xavier


Temperamento

Livro Encontro Marcado
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier


Somos cuidadosos, salvaguardando o clima doméstico. Dispositivos de alarme, faxinas, inseticidas, engenhos de proteção e limpeza. No entanto, raros de nós se acautelam contra o inimigo que se nos instala no próprio ser, sob nomes de canseira, nervosismo, angústia ou preocupação.

Asseguramos a tranqüilidade dos que nos cercam, multiplicando recursos de segurança e higiene, no plano exterior, e, simultaneamente, acumulamos nuvens de pensamentos obsessivos que terminam suscitando pesadelos dentro de casa.

Muitas vezes, desapontados de nós para conosco, à face dos estragos estabelecidos por nossa invigilância, recorremos a tranqüilizantes diversos, tentando situar a impulsividade que nos é própria no quadro das moléstias nervosas, no pressuposto de inocentar-nos.

Sem dúvida, não podemos subestimar o poder da mente sobre o campo físico em que se apóia. Se acalentamos a irritação sistemática, é natural que os choques do espírito atrabiliário alcancem o corpo sensível, descerrando brechas à enfermidade. Nesse caso, é preciso rogar socorro ao remédio. Ainda assim, é imperioso nos decidamos ao difícil empreendimento do autodomínio.

No que concerne a temperamento, é possível receber as melhores instruções e receitas de calma; entretanto, em última análise, a providência decisiva pertence a nós mesmos.

Ninguém consegue penetrar os redutos de nossa alma, a fim de guarnecê-la com barricadas e trancas.

Queiramos ou não, somos senhores de nosso reino mental.

Por muito nos achemos hoje encarcerados, do ponto de vista de superfície, nas conseqüências do passado, pelas ações infelizes em nossa estrada de ontem, somos livres, na esfera íntima, para controlar e educar o nosso modo de ser.

Não nos esqueçamos de que fomos colocados, no campo da vida, com o objetivo supremo de nosso rendimento máximo para o bem comum. Saibamos enfrentar os nossos problemas como sejam e como venham, opondo-lhes as faculdades de trabalho e de estudo de que somos portadores. Nem explosão pelas tempestades magnéticas da cólera e nem fuga pela tangente do desculpismo. Conter- nos. Governar-nos.

Aqui e além, estamos chamados a conviver com os outros, mas vivemos em nós, estruturando os próprios destinos, na pauta de nossa vontade, porque a vida, em nome de Deus, criou em cada um de nós um mundo por si.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Dentro de cada pessoa


                             Dentro de cada pessoa







Dentro de cada pessoa
tem um cantinho escondido
Decorado de saudade
um lugar para o coração pousar,
um endereço que freqüente sem morar,
ali na esquina do sonho com a razão,
no centro do peito, no largo da ilusão.

Coração não tem barreira não,
desce a ladeira, perde o freio devagar,
eu quero ver cachoeira desabar,
montanha roleta russa felicidade,
posso me perder pela cidade,
fazer o circo pegar fogo de verdade,
mas tenho meu canto cativo para voltar.

Eu posso até mudar
mas onde quer que eu vá
o meu cantinho há de ir
dentro...

Arnaldo Antunes

Maria Lopes de Andrade.  Jornalista Reg. CPJ. 24.825 - 76 - RJ,Radialista.


                     Parapsicóloga Clínica, Acupunturista,Reikiana Master,


 Homeopata Metafísica ( Coordenadora de Estagio do Curso de Extensão em Homeopatia da Faculdade Federal de Viçosa- MG/ Reg: Livro 10, Nº 21615,Folha 193 v).



Participei do CBO 2000 a convite do MTE,, Ministério do Trabalho e Emprego, representei os Terapeutas do Brasil, na elaboração das Normas do Trabalho dos Terapeutas.

Selo aprovado Cantinho do Blog

OFEREÇO UMA ROSA




A quem me deu perfume,

A quem me deu sentido,

A quem só me fez bem,

Aqueles que sorriram comigo,

Aqueles que comigo partilharam lágrimas,

Aqueles que souberam de minha existência,

Aos nobres do sentir,Aos ricos do viver,

Aos imperadores do amor.

Aqueles que simplesmente foram amigos,

Que ternamente fizeram do silêncio sair sons,

Que cantaram comigo,

Que me olharam, e me sentiram.

Aqueles realmente interessante que

marcaram em minha vida...

Uma flor para você...
(autor desconhecido)

FERNANDO PESSOA



FERNANDO PESSOA




AZUL, AZUL, AZUL, O MAR FRAQUEJA

Azul, azul, azul, o mar fraqueja
Em orlas brancas pela praia fora.
Só esse som, alegre e antigo, rumoreja
No lúcido silêncio desta hora.

O mais --- quietude, e no horizonte ralo
Um nevoeiro ou bruma ou ilusão
Que é como um inútil intervalo
Do amplo azul que céu e águas são.

Sossega em mim, de ver, de ver, de ver,
Essa intranquilidade, a mágoa antiga
Que vem de se sentir viver,
Que vem de não poder querer
E de não ter uma alma nossa amiga.

Ah, mas essa dor,
Cheia de consciência do mutável
Da pobreza da vida e do amor
É tão antiga como o mar
E tem marés,
Cessa para recomeçar
Mais uma vez.

Fernando Pessoa

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Guizos ,chocalhos,e pandeiro...



guizos ,chocalhos,e pandeiro...

um violino menestrel...

extraindo uma melodia exótica...

impulsiona meu corpo...

vestido com uma saia colorida e rodada...

fazendo com que em vibrantes rodopios...

exalando um perfume de almíscar...

venha a embebedar todos os que me vêem...

na magia do meu olhar ...

e na conquista de minhas cartas de taro...

sei bem os que me desejam...

sei bem os que me querem...

sei bem os que de mim precisam...

em cada magico rodopio ...

deixo com que meu sorriso e minha alegria...

penetre nos corações perturbados...

sou o crepúsculo do amor...

sou a fantasia dos descontentes...

autor

Euripedes A. de jesus**

sábado, 11 de julho de 2009

Andar com fé

Andar com fé
é saber que cada dia é um recomeço,
é ter certeza que os milagres acontecem
e que os sonhos podem se realizar.

Andar com fé
é saber que temos asas invisíveis,
é fazer pedidos a estrelas cadentes
e abrir as mãos para o céu.

Andar com fé é olhar sem temor
as portas do desconhecido,
ter a inocência dos olhos da criança,
a lealdade do cão,
a beleza da mão estendida
para dar e receber.

Andar com fé
é usar a força e a coragem
que habitam dentro de nós
quando tudo parece acabado.

Andar com fé
é saber que temos tudo a nosso favor,
é compartilhar as bênçãos multiplicadas,
é saber que sempre seremos surpreendidos
com presentes do Universo,
é a certeza de que o melhor sempre acontece
e que tudo aquilo que almejamos
está totalmente ao nosso alcance.

Basta só Andar com Fé !

quinta-feira, 25 de junho de 2009

AS DUAS FACES

AS DUAS FACES



RICHARD SIMONETTI



Famoso artista assumiu o compromisso de pintar grande quadro a óleo para a catedral de uma cidade italiana.

A tela teria por tema a vida de Jesus.

Durante meses, o pintor dedicou-se ao gratificante trabalho.

Ao final, faltavam duas personagens:

Jesus-menino e Judas Iscariotes.

Meticuloso, ele pôs-se a procurar os modelos ideais.

Em bairro de periferia viu um menino de sete anos, cujo rosto o impressionou vivamente.

Tinha expressão suave, fisionomia tranqüila, olhos brilhantes e expressivos. Era bem o menino Jesus que concebia.

Conversou com seus pais e conseguiu que o levassem ao ateliê.

Dia após dia o modelo infantil posou pacientemente, até que a figura de Jesus-menino foi retratada, com toda a pureza e inocência pretendidas.

O pintor suspirou, aliviado. Faltava apenas Judas.



Jamais poderia imaginar que teria dificuldades.

O tempo passou, anos se sucederam, sem que o modelo ideal fosse encontrado.

O artista viu homens que traziam estampada na face a vilania e a degradação. Mas nenhum deles possuía uma fisionomia que configurasse Judas como o imaginava: deprimente figura, um homem vencido pela ambição, atormentado pela vil traição.

Os padres reclamavam, ele próprio se sentia envelhecer e temia não terminar a pintura, em face das exigências de sua própria arte. O quadro inacabado ficou num canto do ateliê, por duas décadas.

Mas o pintor não desistira.

Obcecado pela procura, examinava atentamente os homens com quem travava contato, mas nenhum se aproximava do modelo idealizado.

Certa feita, bebericava um copo de vinho, numa taverna, quando pobre homem, esfarrapado e magro, apareceu na porta. Dando um passo à frente, rolou pelo chão.

Voz rouquenha, implorava:

- Vinho, vinho!

Compadecido, ao tentar levantá-lo, viu-lhe o pintor o rosto bem de perto e estremeceu de emoção.

Aquela fisionomia atormentada, viciosa, suja, desesperada, era o retrato fiel de Judas!

Ansioso, ajudou o mendigo a erguer-se e propôs-lhe:

- Venha comigo! Eu o ajudarei!

O infeliz o acompanhou.

Chegados ao ateliê, depois de ter satisfeito a fome e a sede do improvisado modelo, o pintor desvelou a tela, dispondo-se a iniciar o trabalho.

Entretanto, quando o mendigo contemplou a tela, deixou-se possuir por grande agitação, desandando em choro convulso.

O pintor ficou atônito.

- Meu filho, por que se aflige tanto? Em que posso ajudá-lo?

Ele não conseguia falar, dominado por insuperável tormento.

- Fale, meu filho! O que houve? Quero ajudá-lo!

O infeliz controlou-se e a chorar perguntou:

- Não se lembra de mim? Há muitos anos estive aqui. Fui eu! Fui eu quem posou para o seu menino Jesus!



Este fascinante episódio, relatado por um escritor inglês, dramatiza uma situação que se repete, indefinidamente, no mundo:

A perda da inocência, pureza, e o comprometimento com vícios e paixões, marcando a transição da infância para a idade adulta.

É comum os pais de criminosos que cometeram atrocidades comentarem, em desespero:

- Não posso acreditar que tenha sido meu filho.

Era um menino tranqüilo e gentil, incapaz de uma maldade! Como pôde transformar-se num monstro?!

Observando o comportamento desajustado, as más tendências que se manifestam no indivíduo, na medida em que supera o estágio infantil, tem-se a impressão de que a sociedade corrompe as pessoas.

Essa era a idéia de Jean-Jacques Rousseau (1712-1778), filósofo do Iluminismo.

Ele proclamava que o homem é bom ao nascer, puro e sem mácula.

Nasce com a face de Jesus.

A sociedade lhe imprime o rosto de Judas.

É evidente que se assim fosse estaríamos diante de um fatalismo inconcebível, uma incoerência de Deus.

Colocar-nos num mundo onde fôssemos inexoravelmente induzidos ao mal.

A idéia de Rousseau tem outro problema.

Favorece o errôneo conceito de que a alma é criada no momento da concepção.

Seria, portanto, pura e imaculada, como um livro de páginas em branco, corrompida pela sociedade, que nela imprimiria todos os seus vícios e maldades.



Sócrates (470-399 a.C.), que viveu mais de dois mil anos antes de Rousseau, tinha um conceito mais avançado.

"Admitindo a idéia da Reencarnação, Sócrates considerava que a criança não é um livro em branco. Guarda registros de vidas anteriores." O processo da educação seria não apenas fazer o Espírito entrar na posse de seu patrimônio de experiências pretéritas, mas também ajudá-lo a superar as tendências inferiores resultantes de seus desvios.

É exatamente esse o ponto de vista da Doutrina Espírita, a nos ensinar que a candura da criança, sua inocência e simplicidade, nada têm a ver com a natureza do Espírito que ali está.

Este, na verdade, permanece num estado de dormência e só começará a despertar para a vida física após os sete anos, completando-se o seu despertar na adolescência, quando entrará na posse plena de sua personalidade e tendências.

Sua aparência, sua graça, sua inocência têm por objetivo despertar em seus pais, naqueles que a cercam, sentimentos de proteção e carinho, fundamentais para que ela sobreviva, já que nessa fase o ser humano é totalmente dependente.

Com a idade adulta, o Espírito reencontra a si mesmo, suas qualidades e defeitos.

A maldade, o vício, a inconseqüência refletirão apenas aquilo que ele é, realmente, fruto de suas experiências passadas.

Por isso é que a pureza aparente pode ocultar o comprometimento com paixões e vícios.



Há que se considerar, contudo, que a finalidade da existência na Terra é a renovação, a superação de tendências inferiores.

Encarnamos exatamente para evoluir.

As limitações impostas pelo corpo físico, que inibem nossas percepções, as dificuldades e dores da Terra atuam como lixas grossas que desbastam nossas imperfeições mais grosseiras.

Uma das revelações mais importantes da Doutrina Espírita está na questão 383, de "O Livro dos Espíritos", quando Kardec pergunta qual a utilidade da infância, e o mentor informa que na infância o Espírito é extremamente sensível às influências que recebe.



“A Reencarnação é toda ela um processo de evolução, em que somos estimulados à renovação pelas experiências humanas, envolvendo as dificuldades e problemas da Terra"



Muitas de suas tendências inferiores e fragilidades poderão perfeitamente ser superadas com a ajuda dos responsáveis por ela.

Naturalmente, nesse processo, é fundamental que haja o exemplo, que os pais estejam dispostos a viver o que ensinam à criança, cultivando um comportamento digno e honrado.

De nada adiantará, por exemplo, ensinarem ao filho que fumar é nocivo ou que não deve dizer palavrões, se eles próprios o fazem.

Artur Azevedo (1855-1908), escritor e teatrólogo brasileiro, narra um diálogo entre pai e filho.

O pai, informado de que o menino mentia muito na escola, dá-lhe uma lição de moral, explicando-lhe, com variados exemplos, que é preciso falar sempre a verdade. Nesse ínterim batem à porta, e o pai termina a conversa dizendo:

- Vá atender, meu filho. Se for alguém que me procure, diga-lhe que não estou.



É óbvio que a possibilidade de renovação não cessa na idade adulta.

A Reencarnação é toda ela um processo de evolução, em que somos estimulados à renovação pelas experiências humanas, envolvendo as dificuldades e problemas da Terra.

A diferença é que, enquanto crianças, podíamos mudar a partir da influência dos adultos.

Na idade adulta passa a depender da nossa iniciativa.

Qual seria o caminho?

Jesus no-lo indica quando proclama (Lucas, 18:15-17):

Trouxeram-lhe, então, algumas crianças para que lhes impusesse as mãos e orasse por elas, e os discípulos repreenderam os que as trouxeram.

Jesus, porém, disse:

- Deixai as crianças e não as impeçais de vir a mim. Porque delas é o Reino dos Céus. Em verdade vos digo: aquele que não receber o Reino de Deus como uma criança, de modo algum entrará nele.

O Mestre situa as crianças como paradigmas da inocência e da pureza necessárias para que atinjamos o Reino de Deus.

Inocência - a pureza da consciência.

Pureza - a inocência do coração.

Somos convocados, agora, pelo conhecimento espírita, a transformar a nossa face, empenhando-nos com tal ardor e dedicação, que um dia possamos repetir com o Apóstolo Paulo (Gálatas, 2:20):

(...) e já não sou eu quem vive, mas o Cristo que vive em mim.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Reverência ao destino




Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que expressem sua opinião.
Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer, o quanto queremos dizer, antes que a pessoa se vá.

Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias.
Difícil é encontrar e refletir sobre os seus erros, ou tentar fazer diferente algo que já fez muito errado.

Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ele deseja ouvir.
Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer sempre a verdade quando for preciso.
E com confiança no que diz.

Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre esta situação.
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer ou ter coragem pra fazer.

Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado.
Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece, te respeita e te entende.
E é assim que perdemos pessoas especiais.

Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar.
Difícil é mentir para o nosso coração.

Fácil é ver o que queremos enxergar.
Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto.
Admitir que nos deixamos levar, mais uma vez, isso é difícil.

Fácil é dizer "oi" ou "como vai?"
Difícil é dizer "adeus", principalmente quando somos culpados pela partida de alguém de nossas vidas...

Fácil é abraçar, apertar as mãos, beijar de olhos fechados.
Difícil é sentir a energia que é transmitida.
Aquela que toma conta do corpo como uma corrente elétrica quando tocamos a pessoa certa.

Fácil é querer ser amado.
Difícil é amar completamente só.
Amar de verdade, sem ter medo de viver, sem ter medo do depois. Amar e se entregar, e aprender a dar valor somente a quem te ama.

Fácil é ouvir a música que toca.
Difícil é ouvir a sua consciência, acenando o tempo todo, mostrando nossas escolhas erradas.

Fácil é ditar regras.
Difícil é seguí-las.
Ter a noção exata de nossas próprias vidas, ao invés de ter noção das vidas dos outros.

Fácil é perguntar o que deseja saber.
Difícil é estar preparado para escutar esta resposta ou querer entender a resposta.

Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.
Difícil é sorrir com vontade de chorar ou chorar de rir, de alegria.

Fácil é dar um beijo.
Difícil é entregar a alma, sinceramente, por inteiro.

Fácil é sair com várias pessoas ao longo da vida.
Difícil é entender que pouquíssimas delas vão te aceitar como você é e te fazer feliz por inteiro.

Fácil é ocupar um lugar na caderneta telefônica.
Difícil é ocupar o coração de alguém, saber que se é realmente amado.

Fácil é sonhar todas as noites.
Difícil é lutar por um sonho.

Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata.

Carlos Drumond de Andrade

terça-feira, 19 de maio de 2009

Viver


Viver
Definitivo, como tudo o que é simples.
Nossa dor não advém das coisas vividas, mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram.

Por que sofremos tanto por amor?
O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez companhia por um tempo razoável, um tempo feliz.

Sofremos por quê?
Porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido junto e não tivemos, por todos os shows e livros e silêncios que gostaríamos de ter compartilhado, e não compartilhamos.
Por todos os beijos cancelados, pela eternidade.

Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um amigo, para nadar, para namorar.

Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas angústias se ela estivesse interessada em nos compreender.

Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada.

Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam, todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar.

Como aliviar a dor do que não foi vivido?
A resposta é simples como um verso:
Se iludindo menos e vivendo mais!!!

A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos,
nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento,
perdemos também a felicidade.

A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional.
Fé é colocar seu sonho à prova!
Carlos Drummond de Andrade

Aprovação da lei deverá ter outros desdobramentos, como a criação de uma escola de braile no futuro.




A Câmara de Itapetininga aprovou uma lei que deve promover a inclusão dos deficientes visuais da cidade. A nova legislação determina a todos os bares, lanchonetes e restaurantes da cidade a criação do cardápio em braile. O texto já foi enviado para apreciação do Executivo e, depois que for sancionado, os cerca de 140 estabelecimentos comerciais terão apenas 60 dias para se adequar à nova regra. O descumprimento acarretará em multa ou ainda o fechamento do comércio. A aprovação da lei deve promover ainda outros desdobramentos com investimentos públicos na inclusão social dos cegos, como da instalação de uma escola de braile - ainda inexistente no município.



De acordo com a lei, aprovada por unanimidade no último dia 4 de maio, todos os estabelecimentos comerciais como restaurantes, lanchonetes, bares e similares deverão se adaptar contar também com a versão do cardápio em braile. Os infratores estarão sujeitos a multa de R$ 50 no primeiro descumprimento da legislação; R$ 100 na segunda infração; R$ 200 na terceira infração e na quarta infração o estabelecimento deverá ser fechado. A Prefeitura terá 30 dias, a partir da aprovação, para regulamentá-la, e os comerciantes, 60 dias para se adequarem. A idéia partiu do vereador Marcos de Almeida Cunha (PSC), que é médico obstetra e trabalhou numa empresa que contava com projetos de inclusão social dos deficientes visuais.



Como eu já trabalhei num programa de inclusão, tinha já essa idéia de criar o cardápio em braile. Esses deficientes têm que ter acesso à vida social. Acho que esse é o caminho, explicou. O parlamentar detalha que a ideia é simples e não demanda investimento alto, no entanto, o mais importante é que acabou resultando em outros desdobramentos. Segundo ele, não há um censo na cidade que aponte o número de deficientes visuais. Mas ele detalha que na única instituição voltada aos cegos no município há cerca de 45 registrados.



Mas acreditamos que o número de deficientes seja muito maior. Infelizmente ainda não contamos com uma escola de braile e agora nossa luta será pela sua instalação, com máquina específicas. Há muitos deficientes, inclusive, que não sabem ler em braile, detalhou ele, que acredita que a instalação da escola de braile e a aquisição de materiais deverão acontecer nos próximos meses. É importante destacar que a idéia é simples e como sempre tem por objetivo melhorar a qualidade de vida. É o que também buscamos, finalizou. O vereador desconhece a aplicação da lei em outras cidades, mas acredita que a iniciativa deva ser seguida.

ESSA É UMA HISTÓRIA QUE REFORÇA OS LAÇOS DE AMIZADE ENTRE PORTUGUESES E BRASILEIROS.


Portugal constrói o seu primeiro banheiro público adaptado para ostomizados com base no projeto brasileiro de autoria do Engº Spencer Ferreira. Assim, conquista posição de destaque em toda Europa por adotar iniciativas efetivamente voltadas para inclusão social da pessoa ostomizada.




Tudo começou na Cidade do Barreiro, em Portugal, onde um grupo de pessoas comprometidas com o bem-estar social resolveu investir todos os seus esforços para melhorar a acessibilidade do público ostomizado.

Essas pessoas fazem parte do corpo social da LAHDB - Liga dos Amigos do Hospital Distrital do Barreiro e se empenham para reintegrar socialmente os ostomizados, conforme reafirmado no texto que segue:

“O objectivo é tornar visível à luta contra qualquer tipo de discriminação e reafirmar, diante da sociedade e das autoridades, a existência de pessoas submetidas a essa condição", segundo Eduardo Barbosa. De forma idêntica, em Portugal também podem ser adoptadas medidas maximizadoras do bem-estar do ostomizado, levando a uma melhoria na sua auto-estima e condição de cidadania.”




“Implementar este projecto em Portugal, e muito em especial na cidade do Barreiro, é motivo de regozijo, a cidade do Barreiro ao receber este projecto coloca-se na vanguarda das novas medidas de reintegração do sujeito ostomizado”.

Essa é uma história de respeito ao próximo, de solidariedade e totalmente alinhada com os mais elevados princípios humanistas por promover a verdadeira inclusão social.

Para o orgulho do povo português o registro desses fatos está divulgado nas páginas do site da LAHDB em www.lahdbarreiro.pt, nos endereços que seguem:


- Para ver detalhes sobre essas INSTALAÇÕES SANITÁRIAS, clique no link abaixo:

http://www.lahdbarreiro.pt/nucleos/projectos/show/81/cidadao-ostomizado-integrado-instalacoes-sanitarias


- Para conhecer a GALERIA DE FOTOGRAFIAS DO PRIMEIRO BANHEIRO ADAPTADO PARA OSTOMIZADOS EM PORTUGAL, clique no link abaixo:

http://www.lahdbarreiro.pt/fotografias/galeria/31/cidadao-ostomizado-reintegrado-1fase




O PROJETO BRASILEIRO para construção de banheiros adaptados para ostomizados pode ser visto clicando-se no link abaixo:

http://ostomizados.com/banheiros/manual_de_construcao/capa.html





ESSA É UMA HISTÓRIA QUE REFORÇA OS LAÇOS DE AMIZADE ENTRE PORTUGUESES E BRASILEIROS.

UM EXEMPLO DE QUE A UNIÃO FAZ A FORÇA E DE QUE, JUNTOS, TUDO PODEMOS!

domingo, 17 de maio de 2009

OBSTÁCULOS



Diante dos obstáculos, fazer o melhor e seguir para a frente.

Sempre desapontamos alguém e sempre alguém nos desaponta.

Assim como nem todos podem habitar o mesmo sítio, nem todos conseguem partilhar as mesmas idéias.

Nunca explodir, gritar, irar-se ou desanimar e sim trabalhar.

Depois de um problema, aguardar outros.

O erro ensina o caminho do acerto e o fracasso mostra o caminho da segurança.

Toda realização é feita pouco a pouco.

Nos dias de catástrofe, nada de cólera ou de acusação contra alguém, e sim a obrigação clara de repormos o comboio do serviço nos trilhos adequados e seguir adiante.

Quem procura o bem, decerto que há de sofrer as arremetidas do mal.

Plantar o bem, através de tudo e de todos, por todos os meios lícitos ao nosso alcance, compreendendo que, se em matéria de colheita Deus pede tempo ao homem, o homem deve entregar o tempo a Deus.






pelo Espírito André Luiz, Do livro: Sinal Verde. Médium: Francisco Cândido Xavier.

sexta-feira, 15 de maio de 2009

SUA CENTELHA DIVINA





SUA CENTELHA DIVINA
Pelos Seres Celestiais Puros - Canalizada por Natalie Glasson
26 de Fevereiro de 2012

É com imensa honra que nos aproximamos para existirmos na energia da Terra. Nós somos os Seres Celestiais Puros. Nossa energia sempre flui com o maior respeito àqueles com que nos conectamos. Vemos a centelha divina do Criador em cada pessoa na Terra e lhes pedimos que isto seja algo do qual se lembrem regularmente. Agora é o momento de permitir que a sua centelha divina seja criativa, expressiva e expansiva.
A energia divina em seu ser pode receber muitos rótulos, tais como a sua alma, a verdade interior ou o Eu Superior. Nesta comunicação nós desejamos que vocês se alegrem verdadeiramente na mágica em seu interior, como se vocês fossem os nossos estudantes de magia e que pela primeira vez estivéssemos explicando que vocês têm as habilidades mágicas que só precisam ser compreendidas. Nós nomearemos a mágica em vocês de sua centelha divina, porque uma centelha tem o potencial de se manifestar em algo profundamente magnífico e grandioso. Sua centelha divina em seu interior é a energia do Criador. Não importa sobre as suas crenças em relação ao Criador, qual nome ofereçam ao Criador, ou as qualidades e ações que vocês acreditem que o Criador mantém. A simples compreensão necessária para começar a compreender a sua centelha divina, é que a centelha é um aspecto do Criador. A centelha divina é aquilo que vocês acreditam que seja o Criador e esta crença pode mudar ao longo de sua vida e assim a sua centelha divina irá alterar também. Isto não significa que a sua centelha divina exista como as suas crenças atuais, ou que a sua centelha divina evolua enquanto a sua compreensão se expande, mas a verdade é que a sua compreensão está mudando.
Retornando à referência aos estudantes de magia, acreditamos que para mais pessoas, elas estariam bem mais propensas a acreditar que elas sejam capazes de habilidades mágicas do que acreditarem que o Criador exista em seu ser. Outras podem sentir que a possibilidade de realizar a magia e a possibilidade do Criador existir dentro delas, ambas parecem muito distantes em termos de experiência e assim a crença é muito pequena. A verdade é que você é o Criador e também mantém habilidades mágicas, apenas vocês não escolheram até agora não reconhecer plenamente ambas as possibilidades. Se vocês fossem nossos estudantes de magia, nós começaríamos lhes explicando onde está situada a energia mágica de vocês em seu interior. Compartilharíamos com vocês como usar a energia mágica, começando com a realização de pequenos milagres e então avançando para maiores habilidades, assim vamos realizar isto agora para vocês.
Dentro do seu chacra cardíaco está uma centelha divina da Luz do Criador. A mesma centelha divina existe dentro de todos os seus chacras, dentro de cada célula do seu ser e em todo o nosso corpo áurico. Por enquanto, nós iremos nos concentrar na centelha divina dentro do seu chacra cardíaco, pois o seu coração abriga vibrações puras de Luz e de energias, de modo que vocês possam colocar a sua confiança na centelha divina do seu coração.
Assim há uma necessidade de visualizar, sentir, reconhecer e simplesmente aceitar a centelha divina. Vocês poderiam fazer um desenho criativo de sua centelha divina, ou compreender as cores da luz que ela mantém, algo que imprima uma imagem em sua mente e consciência. Com uma compreensão de sua centelha divina, há uma necessidade de estimular e de nutrir a sua energia para permitir que os seus poderes se fortaleçam. Assim como alimentariam o seu corpo físico com alimentos, vocês também precisam alimentar a sua centelha divina. Vocês podem conseguir isto, inspirando a sua centelha divina: com a sua respiração, vocês estão reunindo energia da força vital dentro do seu ser e a direcionando para a sua centelha divina. A energia da força vital é a vibração do Criador que existe dentro e ao redor de vocês e é necessária para manter a sua energia. Ao imaginarem que vocês estão inspirando a sua centelha divina em seu chacra cardíaco, estão nutrindo a sua centelha divina, com a possibilidade de aumentar o seu poder.
Sua centelha divina então começa a se expandir e a desenvolver a sua energia. Vocês podem perceber que a sua centelha divina os esteve iludindo durante todo este tempo, ao pensarem que é uma pequena e impotente energia, quando, de fato, é uma presença expansiva, grande e poderosa. Enquanto a luz da sua centelha divina começa a fluir em seu corpo, aura e em seu ambiente, então vocês começam a se familiarizar com a sua energia. Pode ser como ler um livro sobre a sua centelha divina, ou assistir a um vídeo sobre si mesmo, enquanto muita sabedoria e informação começam a fluir em sua mente. Em termos de magia, vocês estão acessando os seus poderes mágicos.
Vocês começam a perceber que há uma energia dentro de vocês que precisa ser colocada em uso e quanto mais recorrerem à energia, mais compreenderão o seu poder. Para intensificar as suas habilidades da magia, nós lhes ensinaremos a estabelecer habilidades para trazer verdadeiramente as energias mágicas para a sua realidade, mas nós sabemos que vocês já são mágicos. Vocês apenas precisam direcionar a energia. Precisam se concentrar no que querem criar, o que querem experienciar, o que desejam atrair da energia dentro do seu ser. Com uma simples compreensão da energia e como desejam usá-la, vocês acessam as suas habilidades mágicas e então, simplesmente, precisam praticar como atrair e experienciar a energia dentro de vocês.
Muitas pessoas vêem o crescimento espiritual como um processo longo e algumas vezes tedioso, mas se estiverem treinando para se tornarem um mágico com a capacidade de alcançar tudo e qualquer coisa, sentimos que vocês provavelmente abordariam a jornada de uma maneira diferente e com uma mentalidade diferente. Lembrem-se sempre de manter o elemento da alegria em seu crescimento espiritual e em suas práticas espirituais. A alegria é necessária para elevar a vibração de sua energia e permitir que ela seja mantida em uma velocidade rápida.
Desejamos que percebam realmente que há algo mágico, magnífico e verdadeiramente maravilhoso dentro de vocês. Se começarem a acreditar nisto, então estarão muito mais perto de visualizá-la e experiênciá-la verdadeiramente por si mesmos. Permitam-se imaginar a energia mais divina e bela possível e então a ampliem mil vezes e estarão um passo mais próximos de perceberem a magnificência que está dentro do seu ser. Agora, imaginem que esta compreensão fosse tão real para vocês, que então como tratariam o seu corpo físico e a si mesmos? Imaginamos que agiriam de modo diferente. Vocês se perceberiam de forma diferente e possivelmente, até mudariam o seu estilo de vida. A sua beleza interior pode levá-los a ver a beleza de tudo ao seu redor. Vocês podem encontrar uma nova confiança e respeito por vocês e, provavelmente, não mais diriam coisas negativas para a centelha divina dentro de vocês. Sua centelha divina mantém também habilidades maravilhosas, oferecendo-lhes a capacidade de criar qualquer coisa que queiram e desejem. Vocês começariam a se ver, suas ações e pensamentos de um modo inteiramente novo e perceberiam que determinados entendimentos de si mesmos e do passado, são simplesmente ilusões sem sentido, que vocês levaram dentro de vocês, honrando-as como verdades.
Desejamos propor uma missão para que realizem ao longo da próxima semana: descobrir a sua centelha divina, alimentá-la e nutri-la com a energia da força vital e começarem a reconhecer a presença de sua centelha divina dentro de vocês. Embora esta missão seja extremamente séria, desejamos que tragam tanta diversão e alegria à missão, quanto possível. Ainda que permitam que a sua mente seja extremamente criativa, isto é perfeitamente adequado, porque desejamos que percebam a magnífica centelha e energia divina dentro de vocês. Vocês podem sentir que durante toda a semana estarão reunindo a energia ou a imaginando dentro de vocês, mas desejamos, essencialmente, que voltem à inocência e à alegria de uma criança e curtam o processo de criar, construir ou compreender a bela centelha divina dentro de vocês. Como se sentiriam no final da semana se passassem a semana inteira imaginando a cada momento, conhecendo e se regozijando com o fato de que há uma energia poderosa, mágica e maravilhosa dentro do seu ser, que está sempre com vocês e a sua disposição? Façam disto algo surpreendente e divinamente belo, desfrutem do prazer e da alegria que se manifesta, observem como a percepção em relação a vocês muda. Então, no final da semana, vocês podem se sentar tranquilamente em meditação e pedir para ver a verdadeira centelha divina dentro de vocês. Até este momento, vocês teriam naturalmente se conectado com a centelha divina, percebam-na ou não; as suas energias estariam abertas e receptivas e a maior parte dos bloqueios entre vocês e a sua centelha divina seria dissolvida.
Desejamos verdadeiramente que todos vejam a própria magnificência, porque vemos e sentimos verdadeiramente a sua magnificência. Por favor, sejam alegres e brincalhões com a sua conexão com a sua centelha divina, com o Criador e o Universo, pois isto permitirá que muitas energias se abram e que muita cura ocorra. Nossa mensagem pode parecer incomum, mas sentimos que ela é necessária neste momento.
Permitam-se ver a magnificência dentro de vocês e percebam como ela altera a sua perspectiva em relação a vocês.
Nós somos os Seres Celestiais Puros.


Fonte: Natalie Glasson, Wisdom of the Light
www.wisdomofthelight.com - www.omna.org
Traduzido por: Regina Drumond Chichorro Extraido;cassiarr.blogspot.com.b

segunda-feira, 9 de março de 2009

Flores




Flores são mera ilusão
Enfeitam horas roubadas
Depois morrem caladas
Longe de sua emoção





Ah, linda rosa amarela
Ciente da minha aflição
Torce por esta paixão
Espera cada dia mais bela




Ao ver-me assim tão triste
Nota que foi tudo em vão
Derramada comigo ao chão
Assiste ao nada que existe




Dedicada a rosa amarela, manter-se assim tão bela
Por uma esperança contida na alma que não era dela
Na alma que não era dela e nem era ela




Flor sem espelho não via o estrago na sua janela
Chorou as lágrimas dos olhos de quem era ela
Dois olhos que não eram dela e nem ela era




Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=56260#ixzz1wmkN41ol
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives